Celebração do Aposento Interior



Deus uno e trino que sois santo e santo estimado

Morador do interior do meu infinito Ser

Ponde agora um final nas minhas ciladas

E recomeça a minha história de vida.

Deus, Soberano Onipotente criador das criaturas

Visíveis e invisíveis

Celebra conosco o teu infinito amor

Perdoando a todas as criaturas endividadas.

Deus, vós que sois o condutor da seiva sagrada

De todos os canais direcionadores a vós

Peço que neste momento interceda por todas as

criaturas presentes

Fisicamente e energeticamente.

Deus, usai do teu cajado sagrado para purificar os

corações dos homens

Colocando uma semente, uma a uma sem pressa e

com a mais infinita paciência do EU SOU.

EU SOU, EU SOU, EU SOU,

EU POSSO, EU POSSO, EU POSSO,

EU ME CURO, EU ME CURO EU ME CURO.

Te recebo, ó infinito Deus em minha morada para

que governe nas minhas entranhas plasmáticas e no

meu habitat soberano e obediente às dadivosas

ordens da constelação dos Mestres ensinadores.

Deus, tenho conhecimento que todos os meus

apelos serão ponderados, apreciados e aceitos de

acordo com o meu merecimento e crescimento

espiritual.

Sei também que a planta somente produz a seiva

celeste no momento permitido por vós, e por isso

coloco-me à vossa disposição como um servo

obediente e entregue aos mistérios de toda a

constelação espiritual.

Em nome da Chama elevada, Em nome da Chama

prudente, em nome da chama Criadora eu vós

agradeço por minha existência.

Amém.


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo