Equilíbrio mental



Lembrem-se sempre do equilíbrio da mente.

Até mesmo num simples bocejo, pode-se perceber uma grande abertura para muitas coisas. Se não estiverem com a mente equilibrada, pequenas atitudes podem atrair muitas coisas. Se a sua guarda vai baixando, vai ficando doente, a sua imunidade vai baixando, algo de estranho existe. Se já atingiu a imunidade física, é porque o espírito já está muito pior que a matéria.

Para os que ainda precisam dos medicamentos, busquem profissionais da medicina, que tenham consciência de que não há necessidade de dopar o ser humano, mas apenas tratar, por um tempo determinado.

Não hesitem em fugir de tratamentos indeterminados! Eles são abismos para a morte precoce da matéria. Se estiverem diante de um propósito suicida, sigam adiante. Se quiserem, ainda, conhecer e prosseguir num propósito divino, analisem, perfeitamente, o que estão fazendo.

Até mesmo com pequenos gestos de dores de cabeça, náuseas, enjoos; para tudo existe um remédio. Para tudo a indústria já inventou um medicamento.

Por que antes não tentar se equilibrar mentalmente?

Por que antes não tomar um banho debaixo do chuveiro, de cabeça e tudo?

Por que antes não trocar a faixa musical por alguma mais tranquila?

Por que antes não limpar o quarto, a casa, de toda a bagunça instalada?

Por que antes não trocar as vestes tão defasadas?

Por que não antes respeitar-se?

Por que não antes calar-se diante de provocações do seu ego, de projeções?

Por que não antes respeitar as opiniões alheias?

Por que não antes saber ouvir quem mais sabe?

Por que não antes fazer uma série de coisas, antes de tomar um medicamento?

Para o grande fujão, a fórmula está em uma cápsula, para que fuja da realidade. Pelo simples motivo da não observação dos seus atos e atitudes, pelo simples fato da não verdade para consigo. Lamentável!

Mas, em realidade, fica achando que o dia seguinte virá, dizendo sempre: “amanhã eu resolvo”. Quem garante que vai acordar amanhã? Ninguém.

Então por que agem como robôs, zumbis, cegos, diante de qualquer coisa?

Tem Fé? Acredita em Deus?

Não o Deus da troca. Fazer promessa para troca não vale.

Tem que ser o Deus que reverencia diante de uma verdade, falada, agida e exercitada. É esse o Deus que procura? Então tem os meus aplausos. Costumo ver a maioria das pessoas fazendo promessas para si e nada para os outros.

O bem que faz para o outro, é revertido em magnitude para vós. Estou a falar do bem silencioso e sem publicidade. Olhar para dentro de casa é muito pouco, para quem se diz trabalhador da seara espiritual.

“Primeiro os dentro de casa, depois vou tentar ajudar o outro”.

Mas eu proponho que antes de ajudar os de casa, primeiro se ajude. Se permita fazer uma reflexão, tratamento, porque existe algo chamado de ressonância magnética, que diz: você atrai aquilo que você vibra. Se você vibra lixo, somente lixo vai chegar em sua morada. Se você atrai somente energia sexual, somente pessoas atrás de sexo vão se apresentar a sua frente, carne com carne. Depois, o oculto é o culpado, a Pombagira é a culpada. E tantas falanges outras são culpadas, porque os tratamentos são infindáveis.

Quanto mais se equilibra, ativa a autovigilância, que não é fácil, principalmente para os iniciáticos. Quanto mais vai subindo a escadaria divina, fica mais apertada e difícil.

Não fujam atrás de pílulas, fumos e líquidos, que descontrolam as ondas mentais. Vão atrás apenas da sua consciência. Nada além!

Consegue perdoar algum erro da pessoa que ama? Não? Então você nunca amou. Aquela pessoa que ama nunca ousa tentar modificar o outro. Tão somente respeitar o outro e auxiliar diante dos erros, porque todos erram.

Apontar o erro é assistir de camarote uma peça teatral, na qual a próxima peça da programação é a sua, é você atuando. E a mesma pessoa que recebeu o direcionamento dos dedos, é quem julgará a sua peça. Se for para amar, ame o todo.

Quando ama, verdadeiramente, uma pessoa, em qualquer tipo de relação, amizade, afetiva, sua vida não vai existir sem compartilhar, sem a cumplicidade. É difícil, porque a confiança, diante da inveja torna-se muito difícil. Se estiveres bem resolvido consigo mesmo, não há motivos para invejar o outro. Se ama mesmo o outro, porque a felicidade dele o incomoda tanto? Porque lhe deixa tão melancólico? Se ama, por que não perdoar o tropeço do outro? Poderia ter sido você.

Por que exigir perfeição do outro se não és perfeito?

Por que exigir que o outro não erre se você erra muito mais?

O outro, às vezes, continua lhe amando, silenciosamente. Entretanto, se a criatura está unicamente em busca da carne pela carne, nunca sabe o que é amor. Carne na carne é algo perecível. Sem diálogo, sem cumplicidade, nada é concreto. O vento leva.

Por isso que as relações atualmente estão defasadas. Muitas relações estão estranguladas, porque muitos buscam relação de mão dupla.

“Só dou algo se você me der algo”. “Sacio a minha vontade e vou em busca de outra vítima”.

Agindo como vampiro, vampiro energético e de oportunidades. Se podes ajudar o coletivo, ajude agora. Minimize a dor do coletivo. Potencialize o que tem em mãos. Seja útil!

Desapegue de quem já morreu, de quem já desencarnou!

Deixem os mortos em paz!

Eles merecem respeito. Se algum morto fizer algum tipo de manifestação ele saberá como e a quem fazer, se necessário. Às vezes o morto expõe algo escrito ou verbal, por não aguentar mais os gritos e choros dos que não o deixa em paz.

Acreditam em espírito? Então não temas virar espírito. Todos já são espíritos. A diferença de mim para vocês é: para que eu fale e todos escutem, preciso de uma matéria.

Quem sabe possamos, um dia, nos comunicar telepaticamente?

Desapeguem, caríssimos. Cuidem da matéria desapegando-se dela ao mesmo tempo.

A energia que entra em sua casa é a energia que você planta. Sua casa está pesada? De alguma forma esse peso entrou. Desacelere o pensamento, reprograme o seu pensar e a energia desaparecerá.

Está sentindo uma energia? Claro! Em todo lugar existe energia. Existem milhares de energia ao seu redor. Elevem seus pensamentos para ter uma energia de luz. Vejam o que essa luz quer falar. Simples. De um lado ou de outro, energia podre ou de luz.

Os seres humanos precisam apenas de empurrão, de solavancos. Mas que depois caminhem sem muletas, para serem comandantes da própria Vida, porque de forma contrária seria uma grande falácia.

Principalmente, em se falando espiritualmente, que outro regesse a sua vida, porque a vida é sua, orientada apenas por Pretos Velhos, Marujos, Erês ou Mentores revestidos de uma intelectualidade, que na verdade é um Caboclo, Exu, Preto Velho etc.

Por acaso, se uso ervas é porque uso de condensadores energéticos vitais do projeto Terra, para melhor servir a sua energia vital.

É muito fácil enganar as pessoas, menos para os sábios, que são aqueles que não possuem uma fé cega, aqueles que procuram ter uma Fé racionalizada, diante dos seus propósitos, porque estudam.

Busquem o conhecimento, construam a suas verdades, para que ninguém mais humilhe as suas inteligências. É humilhante para a inteligência humana ser ludibriada por fingimentos.

Pensemos que estamos em uma Egrégora de Luz, que todos estão sendo banhados por vários mentores aqui espalhados.

Às vezes são dadas oportunidades para as pessoas serem diferentes, para retirar máscaras, retirar pensamentos egóicos.

Busquem sempre um equilíbrio, dentro de cada coração. A Verdade ficará bem melhor.

Que todas as palavras ditas, sejam levadas em cada coração, para que sejam bem executadas.

Assim seja!"

Preto Velho Pai Damião,

Mensagem de encerramento dos trabalhos, Águas de Aruanda, Casa de Pedra, Auditório, segunda-feira, 14/03/2016.


17 visualizações

Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon