Busquem o protagonismo



Que tudo se encaminhe com convicção, com serenidade, com disciplina, com respeito, com verdade, que tudo se encaminhe da maneira que deve ser encaminhado. O respeito a pretos velhos, não só a Pretos Velhos, mas a Caboclos, a Exus, mas a todos que porventura venham abrir alguma ritualística, é necessário. Respeito, respeito!

O respeito diante de uma evolução mediúnica. Não existe médium que comece do último degrau, que este ninguém alcançará diante deste planeta, ninguém. Existe uma longa escadaria que a todos é confiada, é possibilitada, mas sabendo que cada degrau exige tempo, superação de limites, tantas coisas: afastamento de ilusão, destruição e reconstrução de verdades, decência mental.

Tudo isso, tudo isso, é necessário diante do respeito dentro de uma ritualística.

Porta aberta não significa que venha nenhuma pessoa para fins obscuros, sem coesão, aqui é uma casa de tratamento, que é um risco, inclusive, as pessoas abrirem seu campo mental para qualquer coisa, para fazer qualquer coisa de qualquer jeito, porque precisa ser feito.

Não!

Por isso, no início, puxei uma longa reflexão para que todos pudessem acessar exatamente o que estava fazendo aqui.

Aos médiuns iniciáticos deixo a minha mensagem de que subam degrau por degrau. Não tenham pressa, não tenham pressa, porque a educação mediúnica é feita com ordem e disciplina, sim, para buscar uma plenitude e uma verdade diante dos propósitos escolhidos.

Para os visitantes, desejo que a cura, o caminho da cura que foi possibilitada no dia de hoje, possa ser seguido com seriedade, com confiança, acreditando que é possível, que é possível ter uma vida melhor, ter uma vida com mais verdade, desapegando-se de amarguras, de raivas, desilusões, decepções, passado, pessoas cruéis.

E quando já foi pessoa cruel? E quando ainda continua a ser cruel? Vamos enterrar a vitimização agora, porque a vida precisa de protagonistas e não de vítimas, a vida precisa de protagonistas e não de vítimas. Vítima pode ser bonita somente naquela janela fantasiosa, eletrônica. Só! Mas na vida prática dos avatares, a vida exige muito mais, muito mais, muito mais.

Sigam diante das diretrizes que receberam hoje, sigam diante da verdade construída dia após dia, com destino ao protagonismo das suas próprias vidas, diante do saber, do propósito de vida e divino.

Qual o seu propósito de vida? Está aqui para fazer o quê? Para ficar somente se amargurando com mazelas criadas pela mente? Diante de apegos mentais a dores?

Existem pessoas que são apegadas à dor, a tristezas, a decepções, a amarguras, a vitimizações e alimentam vitimização de familiares, alimentam vitimização de familiar, sendo que todos devem eliminar tal duto que alimenta essa vitimização.

Quem quiser fazer teatro, faça sozinho; quem quiser dizer que a vida é tão difícil, faça sozinho. Desista dela, desista! Continue nos suicídios alimentares, comportamentais, mentais, continue, simples.

Não admito que ninguém diga: "estou pensando em suicídio", sendo que a postura da pessoa já é de um suicida.

Como está pensando? Você já é um suicida! Você já é um suicida por todos os seus comportamentos de alimentar doenças psíquicas suas e do outro, de alimentar tantas intempéries em vários setores da vida, vários.

Cadê a autoconfiança? Cadê Deus? Que Deus é esse que te machuca tanto? Que Deus é esse que te machuca tanto?

Quem está a machucar você? Deus ou você mesmo?

A própria pessoa está se autodestruindo, autodestruindo, criando justificativas mentais para se comportar em ritualísticas conforme as suas fantasias mentais, conforme as suas fantasias mentais, achando que está sendo guiada para uma plenitude espiritual.

Plenitude espiritual começa cedo, arregaçando as mangas cedo, criando estratégias logo cedo e não em poucos minutos, em poucas horas, fazendo a sua parte de espiritualista e, cruzando o portão, volta a ser o mesmo desastre que chegou. Não, não é isso!

Aqui nós estamos buscando a admiração de pessoas de verdade, buscamos a admiração de pessoas de verdade, que decidam ser de verdade, que assumam postos de pessoas da corrente, sendo pessoas da corrente, que assumam pessoas visitantes em tratamento, fazendo seus tratamentos, rumo a melhorias, rumo a receber alta por si.

Não existem tratamentos intermináveis.

Obsessores, estes criados pelas próprias cabeças de cada criatura, porque se estiver niveladamente com a cabeça em ordem, ou buscando uma ordem energética plena, benéfica, estes não conseguem conectar à sua faixa vibracional, não conseguem.

Se está ainda conectado com essas faixas antiquadas e desatualizadas, chamadas: "obsessores", é porque você ainda está muito rasteiro, ainda está pensando muito baixo, ainda está muito aquém. Nivelem-se por alto e alcançarão alto, nivelem-se por alto, muito mais alto, diante das verdades que não existem diante da ausência de estudo.

Estudem!

O conhecimento é a base de uma Fé racionalizada. O conhecimento é a base de uma Fé racionalizada. Permitam-se conhecer, permitam-se conhecer vários escritos, várias falas, várias pessoas sem preconceitos, sem preconceitos, sem julgamentos, porque todos são capazes, porém poucos têm coragem e a bravura de estar à frente de qualquer projeto, infelizmente. Busquem o protagonismo, sejam os protagonistas e não as vítimas e entenderão exatamente o que eu estou a dizer, exatamente o que eu estou a dizer.

Então, Encerramos a Nossa Sessão com a Graça de Deus e a Bênção dos Nossos Mestres!

Pai Damião,

Mensagem de encerramento dos trabalhos, 16/04/2016. Águas de Aruanda.


2 visualizações

Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon