Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon
  • Admin

A cura depende de quem pede



Caríssimos,

O amor incondicional é aquele que preenche o peito de cada criatura, que coloca novamente dentro do seu propósito de vida, divino, jamais se esquecendo de toda a corte celestial, espiritual, de Deus, que ampara, que ama a todos, que precisa de todos para efetivamente colocar o planeta em uma consciência cada vez mais elevada. Chega o momento em que o materialismo, tão somente pelo materialismo, não basta. É necessário o materialismo com o divino devidamente equilibrados.

Quem coloca mais o materialismo desequilibra o divino e chega o momento em que os vazios interiores são tão profundos que todos os oráculos são insuficientes para darem as respostas que estão dentro da sua alma. E sua alma não aceita como resposta, então, pegue todos os oráculos e coloque na sua frente, até que um, algum dia quem sabe, queira responder aquilo que você quer ouvir.

As buscas incessantes pelo amor, em todos os lugares, as buscas desenfreadas, devem começar pelo autoamor. Olhem-se! Abracem-se! Quando estiver no chuveiro com a água banhando o seu corpo, sinta você. Saia da robotização comportamental, sinta que você está vivo nesta dimensão. Sinta você! Ame-se! Tenha mais zelo e cuidado pelo seu corpo diante de uma alimentação mais saudável, mais equilibrada. Não existe tratamento espiritual que dê conta de alimentações completamente corrompidas pela gula e por tantas intempéries alimentares. A espiritualidade cuida de todas as sequelas que estas doenças da alma podem projetar nos corpos, mas é necessário que o paciente faça também a sua parte. O tratamento pode parecer completamente inatingível, porque a criatura não fez o dever de casa.

Por mais que todos os mentores coloquem o amor ali nas suas energias, para poder penetrar no âmago da dor, tal caminho fica inviável chegar a causa efetiva por conta de falta de preparo do assistido. O assistido descrente, que vive em busca de milagres, de vara de condão. O preto velho não tem vara de condão. O preto velho serve de ponte para aqueles que querem se enxergar, se encontrar, para poder distribuir todas as forças e energias de benfeitorias encontradas aqui e distribuir nos seus lares, seus trabalhos, suas vidas, modificando-se fielmente ao propósito, caso contrário, recebe uma pílula, e quando sai do portão, cospe a pílula. Volta, recebe a pílula e quando sai no portão cospe a pílula.

Pergunto então, quem está enganando a quem? Não está enganando a Pai Damião, porque estou aqui a distribuir o que cada um permitir. Se permite que eu deposite 100% do que é seu em você, auxiliarei a ser colocado. Se existe um embrutecimento da mente, repelindo toda e qualquer energia que venha a descobrir os segredos mais profundos e intempéries levianas de uma mente e de um comportamento, respeitarei. Não sou eu que irei arrancar a máscara pra que todos vejam o falsário ou a falsária.

O que quero dizer é que a cura depende de quem pede. Às vezes até existe o pedido de cura, mas a pessoa não acredita. Para que a cura comece a nascer dentro de cada um é necessário que você peça e que você acredite nesta cura. É a mesma coisa de quem reza mas não acredita no que está rezando, pedindo. Então, aquilo não acontece. Nunca acontecerá. Porque você não acredita naquilo que você pede. Está esperando um milagre e que os outros continuem a fazer por você; mas existe uma regra espiritual: Receberá aquilo que produzir. Se não produz, não recebe.

A proporção do auto amor entre o divino e a materialidade cada vez mais é convidada para aqueles que buscam casas espirituais, centros de umbanda, candomblé, kardecistas, igrejas católicas, evangélicas, templos budistas, taoístas; mas a cura está dentro de cada um. O Deus pode operar milagres, mas desde que aqueles peçam e acreditem para produzir o seu próprio milagre.

A reprogramação da sua mente faz com que as suas células passem a vibrar de uma maneira diferente e consequentemente as curas e enfermidades vão sendo colocadas dentro do seu corpo, conectando-se a essa força inteligente maior e os milagres vão acontecendo. Perdoem aqueles que tem uma convicção contrária. Auxiliem aos médicos do corpo a produzirem os remédios e medicamentos eficazes para o teu próprio corpo, fazendo a sua parte também, retirando a responsabilidade dos médicos do corpo a totalidade da sua cura, porque é necessário que você também faça a sua parte, caso contrário, os médicos do corpo farão listas de químicas para o seu corpo, sendo que nenhuma delas fará efeito, porque você está a bloquear todo e qualquer efeito de medicamentos convencionais.

Deve existir o dever de casa feito por você para que o seu corpo receba estritamente o necessário da química produzida de forma inteligente e utilizada de forma temporária. Se está com a pressão alta, enxerque a sua alimentação, se esta não está com muito tempero, muito sal, ou você está bebendo pouca água. Vá à natureza, utilize chás para poder respaldar a limpeza do seu sangue, ao invés de ficar viciado em comprimidos para fazer o que você deveria fazer, ou seja, controlar a sua alimentação. Se a gordura já sabe que é prejudicial, porque insistir em comer gordura? Ah, já lembrei, é porque existe um comprimido para absorver a gordura. Então, o comprimido vai fazer o seu dever de casa.

Percebem como são as coisas? Às vezes é necessário retirar metros de intestino e estômago, porque você não sabe fazer a sua parte de domar aquilo que você come, por medo de uma reprogramação mental, a sua alimentação para o seu bem, imagine para o outro. Se você não consegue fazer algo para você, imagine para o outro.

É o diabético que precisa colocar mais amor em suas vidas e, por incapacidade voluntária, torna-se enfermo para que o organismo possa produzir altas taxas de açúcar para dar o amor, a docilidade para a vida da pessoa. E começa toda a batalha corpórea para o equilíbrio.

As bactérias, os vírus, os fungos estão todos espalhados. Mas a vigilância do seu corpo diante de alimentação saudável, posturas, comportamentos, gestos, higiene, minimizam bastante. As mucosas de vocês estão cheias de todos esses inimigos aparentes. Os ataques estão sendo cada vez mais pelo ar, inventam-se doenças para se produzir cada vez mais remédios e poder empobrecer cada vez mais as mentes dos seres humanos e enriquecer outras mentes laboratoriais. O mesmo laboratório inventa doença e o mesmo laboratório inventa remédio. E os seres humanos no meio, porque muitos têm ainda em mente a delegação eterna de responsabilidades. Eu tenho a dor e quero que você me dê um antídoto. Eu quero a dor e não quero fazer o meu dever de casa e quero que você cure a dor que está aqui dentro, que só eu sei a minha dor.

Então a humanidade precisa cair numa reflexão profunda diante dessa enganação, que são feitos de marionetes, para se inventar doenças, para se inventar curas e assim a humanidade vai ... Não estou falando das doenças, doenças, e sim das doenças modismos. Alertem-se! Hoje a culpa é do mosquito. Amanhã a culpa será da formiga. Mais adiante pode ser a mosca ou a borboleta. Sempre haverá um vilão. E assim vai...

Reflitam, ponderem e criem as suas verdades.

Assim seja.

Pai Damião.

Águas de Aruanda, 24 de outubro de 2016.


51 visualizações