Você decidiu Ser quem é



Cada ser humano deve arcar com suas responsabilidades efetivas e a espiritualidade auxilia plenamente em seus ditames, caso contrario a delegação de responsabilidades é uma fuga interminável para resolver situações, problemas, dilemas, que somente a mente de cada um abre para poder recepcionar tais obsessões, tais atrapalhações, tais inversões na prosperidade de vida e demais situações que corrompem o dia-a-dia de cada um.

Busque cada vez mais o equilíbrio mental e enxergará efetivamente o caminho a ser seguido. Verifique em qual ponto você está dinamizando a turbulência da sua vida. Veja, tenha forças e coragem pra enxergar em qual ponto você está se entregando a todo o turbilhão que a vida em alguns momentos te apresenta. Força, coragem! Não desista de você! Jamais!

Os pretos velhos abençoam com as forças das ervas, com a força da oração, mas é preciso que cada filho, que cada ser humano, faça valer a sua existência plena, sem justificativas vazias e porquês de não conseguir ir avante. A vida é sua. Você é quem está no domínio de toda a situação. Todos os processos obsessivos nascem em algum momento de abertura mental. Nenhuma faixa vibracional negativa se aproxima de quem não está em perfeita harmonia com tais. Observem!

Aproveitem cada momento de limpeza espiritual para poder fazer renascer o equilíbrio do corpo físico, que pede exaustivamente para que você observe o que o seu corpo precisa, e não o que você quer. Quebre todos os paradigmas de condicionamentos comportamentais e alimentares. Quebre todos os condicionamentos.

Em qual momento você parou para refletir se tudo que você empreende no comportamento e na alimentação é porque você precisa, e não porque você quer, de acordo com crenças que foram colocadas dentro de um vórtice que impede os seus olhos se abrirem para o que efetivamente é necessário?

Saiam de tantas ritualísticas para que os seus olhos entendam que naquele momento você pode ser feliz. Esse preto velho que aqui vos fala aprova os rituais eternos dentro de si, que você bebe neste pote e distribui por longos dias e anos da sua vida aquele aprendizado. Efetive o seu aprendizado. Levante-se da cadeira da vítima. Venha trabalhar efetivamente do jeito que a vida precisa que você trabalhe.

Pare de se lamentar que a vida não te deu aquilo que você não precisa. Pare de se lamentar porque a vida causou tantas feridas dentro de você. Pare de se lamentar e cumpra o que agora você veio fazer.

Agradeçam seus braços, suas pernas, o seu discernimento mental. Agradeça a família que você está inserida. Não me importa o seu julgamento se bom ou ruim, mas foi a família que você escolheu plenamente para limpar os seus registros cármicos. Foi esta família que você escolheu. Você decidiu e escolheu qual o útero que deveria chegar aqui no planeta terra e todos os passos que você já sabia que iria cumprir. Cumpra com maestria, de cabeça erguida, com convicção de que você está fazendo o seu melhor. Mas para fazer o melhor, não aceite de qualquer jeito. Utilize o remédio da resiliência.

Observe aquilo que é seu, que está projetado no outro. Observe o porquê de você ter que ainda mendigar amor infinito de quem não pode dar. Então dê você o amor a essa pessoa que você frustra o seu coração por você não ter tido amor, porque não poderia dar a você. Tenha você amor pela pessoa e não somente espere que venha o amor de fora para dentro. Brote de dentro de você para fora, para todas as pessoas.

A caridade nasce dentro de cada um. Observem quais as suas atitudes dentro da sua casa. Como você trata as pessoas próximas, dos mais próximos dos próximos, que muitas vezes é diferente de como você trata a pessoa de fora da sua casa. Observe que você é muito mais tolerante aos da rua e completamente intolerante para os que te amam verdadeiramente e incondicionalmente. Observem que as atitudes em alguns momentos estão desalinhadas.

Às vezes as frustrações dentro do seu peito fazem com que você seja violento com você mesmo, empreendendo caminhos de auto suicídio, alimentando-se, mesmo sabendo, que não é por aquele caminho, empreendendo vícios que você já entende que o seu corpo já não precisa dessas bengalas e depois vem a violência para os que te amam, porque você não suporta receber o amor daquelas pessoas, enquanto você se acha muito pequeno, então você empreende violência para as pessoas próximas, verbais e físicas, enquanto que no externo é um cordeiro. Porém, por baixo de um cordeiro existem grandes monstros, apoderando e corroendo todo o seu ser, porque simplesmente todo o seu ser, em algum momento da sua vida pode ter recebido muito mais do que você precisava.

Você recebeu muito mais e por isso você acha que a vida precisa sempre te dar mais, te manter em um status de sempre receber muito mais do que você precisa. Saia do acanhamento mental e venha para a lucidez efetiva. Observe que você tem a oportunidade de ser melhor a cada dia, de verdade, dentro e fora de casa.

Aos que têm filhos, observem nos olhos das suas crianças. Observem do que elas precisam, do que elas se comunicam com vocês. Observe há quantos anos vocês não observam os olhos dos seus filhos, do seu companheiro ou companheira. Há quantos anos você não sabe efetivamente quem é o seu amigo porque você não olha nos olhos de quem você diz que seja seu amigo. Há quantos anos você entrega esmolas na rua, quando o mendigo maior está dentro de você precisando muito de tratamento e cuidado. Saiba a hora de parar e ser assistido. Nunca desistir. Jamais desistam de vocês. Jamais!

A grande prova do planeta Terra está no poder mental. Mantenham-se no caminho do equilíbrio mental e estarão livres de muitas doenças do corpo físico e da alma. Saiam de dores musculares em todo o corpo, que nada mais representam do que as dores da alma. Todos os músculos e ossos do corpo em verdadeiro colapso para avisar que a sua alma está precisando de atenção. Observe-se!

Às vezes as palavras chegam aos seus ouvidos de maneira estranha, porque jamais pensou em ouvir tais coisas, mas neste momento eu decidi tirar do bolso o antídoto do amor incondicional e projetar por meio de palavras para que cada um receba o seu antídoto, na medida em que for necessário. Tenho certeza de que cada palavra aqui dita foi recepcionada na medida certa por cada pessoa aqui.

Levante-se dos lamentos e empreenda a sua vida com bravura, porque antes de muitos dependerem de você, você depende de você. Observe o calabouço de sentimentos que você está andando rumo ao desconhecido e escuridão mental, dos buracos e minhocas energéticas que aqui existem.

Aproveitem a grande maestria que está na carne. Observem quanto vocês podem empreender. Observem! Cuidem-se amorosamente! Honrem-se amorosamente! Olhem para as suas feridas e permitam a cicatrização. Muito mais fácil seria colocar cada um num banquinho, falar “vosmicê” e passar um ramo e cada um voltar para suas casas iguais aos que entraram aqui.

Vamos falar francamente a todos e distribuir os remédios e as vacinas por meio das palavras aqui lançadas, para que cada um receba aquilo que efetivamente precisa para o agora. Observem-se nos espelhos da vida. Quando foi a última vez que olhou nos seus próprios olhos no espelho? Usem o espelho como um grande remédio da alma. Olhem-se nos espelhos e olhem-se nos olhos para enxergar em quem cada um se transformou.

As respostas vêm por meio de pequenos sinais. Busque Jesus, Deus, Maria, todos os Santos, Arcanjos, Anjos, Legiões, em seus olhos. Deus se manifesta em cada um. Avante! Elevem-se sem bengalas. Retomando o domínio de cada um de vocês.

Assim seja!

Pai Damião,

Águas de Aruanda, 22 de outubro de 2017.


312 visualizações

Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon