É tempo de mergulhar em si



A tarefa do encarne é um privilégio fortíssimo para o espírito, enquanto no estágio de alma, projetando todo o seu conhecimento de milhares e milhares de trajetórias já passadas, de milhares e milhares de vidas já vivenciadas, de milhares e milhares de falas já empreendidas, de milhares e milhares de estradas já percorridas, de milhares e milhares de vivências espirituais já agraciadas em seu ser.

Os processos corpóreos seguem como manifestações e alertas. São manifestações de aconselhamentos para melhor vivenciar a integração do corpo e do espírito. O corpo pede auxílio e socorro para o que a alma anseia em vivenciar tarefas duradouras para a eternidade. O corpo muitas vezes concebe os freios para que tais tarefas não sejam reconhecidas como lógicas e perfeitamente possíveis de serem vivenciadas.

Seres humanos, seres em infinitas experiências, caberão ao campo da resiliência, ao campo da resignação, ao campo da benevolência para o ser. Acolher o seu corpo, acolher todos os ditos relampejos, processos que tais estruturas passam. Eis o grande caminho para entender o que a alma, o espírito anseia.

As oportunidades são distribuídas diariamente para todos os seres. Oportunidades para modificação, oportunidades para reposicionamento, oportunidades para infinitos saberes são posicionados diariamente. Seres preguiçosos seguem sentados em suas cadeiras de acomodamento, sem querer empreender o que precisa ser empreendido. Vitimizam-se por ausência de tempo, ausência de ânimo, ausência de todas as substâncias em seus corpos para não fazer exatamente o que precisa ser feito. Em momento posterior, reclamam porque a vida não está do jeito como gostaria de estar, mas esquecem que não fazem nada para que a vida modifique.

Em verdade vos digo, se queres que a vida seja diferente, seja diferente. Em verdade ainda vos digo, se queres o caminho da verdade, seja você mesmo o caminho da própria verdade, assim como Jesus, em uma das grandes passagens, enquanto estava na Galileia, pregava em uma pequena saleta de um templo, em que falava sobre os propósitos de tais sacerdotes.

Os sacerdotes seguem suas vivências como seres ditos especiais, escolhidos pela Divindade, porém esquecem-se de que, antes de serem sacerdotes, estão como seres humanos e que tais sacerdotes precisam do resgate das suas almas para que compreendam a sua trajetória como sacerdote, estando como sacerdote. Então, Jesus sabiamente pega um punhado de areia dentro de um jarro de uma planta, escorrega pelo chão da saleta e distribui com as suas mãos, perguntando se naquele solo alguma semente seria germinada. E todos abismados responderam logicamente que não.

Nenhuma semente germinaria naquele solo onde debaixo é pedra e uma camada pequenina, ínfima de areia seria colocada ali para que aquela semente germinasse. Então Jesus falou: “Vocês jamais entenderão o que é germinar neste planeta enquanto vocês não adentrarem em quem efetivamente são e em busca das suas águas, ou seja, nas suas próprias emoções e sentimentos. Somente aqueles que detêm a grande sabedoria de quebrar suas rochas e de adentrarem profundamente para toda e qualquer camada que se faça necessário, esses saberão a plenitude da vida espiritual. Caso contrário, ficarão na superficialidade de plantar sementes e vivenciar suas sementes secas, sem qualquer germinação”.

Eis a grande palavra de Jesus para todos aqueles sacerdotes, dentro daquela saleta reservada num templo da Galileia.

Então vos trago esse ensinamento, essa passagem, que muitas vezes não está escrita na história formal, mas está escrita na história vivenciada dentro deste planeta, para que vocês carreguem dentro de cada um a fagulha divina, para que se aprofundem nas camadas mais profundas que cada um detém, caso contrário, a germinação será superficial e com prazo muito limitado.

Assim seja!

Pai Damião

Águas de Aruanda, 02 de setembro de 2018.


107 visualizações

Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon