2019 - Abrir caminhos é preciso



Não sei aonde vou, pois minha única certeza são as muralhas do agora com as âncoras do passado. Minha refeição diária é ressignificar as âncoras que me auxiliaram a ser quem estou e reconstruir meu agora com olhar atento e amoroso para toda a proteção construída ao meu redor por medos e inseguranças.

Na dança do bem viver vale tudo dentro do equilíbrio real do ser sem hipocrisias e sem meias verdades. Segurar o estandarte da vida anunciando quem você está no caminho da felicidade pretendida e às vezes nunca alcançada, por vilões do destino propositalmente colocados na jornada para melhorar a descoberta de si.

Mas se o si não chegar? Tome uma xícara de café e reflita para qual o próximo passo seguir e a ação seguirá de imediato aos que não fogem de seus propósitos. Ah, jardim de espinhos e com mistérios noturnos, mostra-me o verdadeiro sentido desse labirinto de estar no planeta Terra, buscando-me com olhos e peito fechados para o verdadeiro sentido de aprender com os desafios e bloqueios projetados à minha frente no agora.

Busco um auxílio real que possa me ajudar a entender melhor quem eu estou, sem me dizer quem eu sou, porque essa parte cabe somente a mim. Cansado de auxiliadores com técnicas infalíveis a me fazerem promessas de curas vazias. Olho para a vida deles e enxergo que está pior do que a minha, sendo mestres e que, caso eu não tenha cautela e vigilância de mim, tornar-me-ei igual ou pior.

Tenho certeza e fé que os reais curadores seguem sem as máscaras da corrupção de influenciar o outro tão somente por dinheiro e desejos sexuais. Aos verdadeiros curadores, paz e proteção para não desistirem do caminho de despertar mentes e viabilizar portas abertas para curas e desbloqueios reais, conhecendo-se cada vez mais para melhor entender o outro em toda a complexidade natural do ser. A vida parece muito melhor por tê-los no meu caminho, mesmo sabendo que vocês não são seres perfeitos, porém sempre vigilantes.

Aos charlatões e usurpadores de vidas e de destinos, minha decepção em vê-los desperdiçando honrosa oportunidade de cumprir o que essencialmente está como caminho para melhor servir à humanidade. Quanto desserviço por um prato de comida ou por um instante que mais corrói a carne do que enrique a alma.

O agora é o grande mestre que temos para reafirmar quem decidimos estar no SER ou continuarmos no vazio existencial das fugas da mente e dos comportamentos obscuros e ridicularizados pelos inteligentes – cientes de si.

A palidez de usar as negociações espirituais segue como armadilhas para os furtos de alma, sempre acompanhado de rituais sangrentos e trocas intermináveis para sustentar pactos ou, se não suja as mãos com sangues animalescos, entrega a alma do outro diante dos desvios maquiavelicamente pensados para sustentar-se nas lideranças das negociações. Acordar é preciso.

Jamais os guardiões da natureza precisam beber de sua própria seiva para se sustentarem, serem quem realmente são. Impostores, sim. Sempre atentos ao próximo humano a empreender negociações com venda de alma por interesses materiais temporários ou por paranormalidade invejada.

Faça valer você a construção dos seus objetivos com alicerces de lucidez e realidade. A luz não pode ser usada como bandeira das mentes sombrias e corruptas que seguem na contramão da sutilização do Ser em essência. Caminha com suas próprias pernas sem as bengalas sujas, mas com o auxílio sincero de um pai velho ou de outro iluminado conselheiro, com uma fé construída e mantida por mais Fé.

Se quem acredita alcança e sabe construir o melhor caminho, faça também e seja a sua melhor escolha agora. Supere-se. Atente-se. Ame-se. Egos são molas que mostram as armadilhas de cada um diante do grande espelho da vida. Use tais molas para superar-se e construir um Eu melhor. Saia da lamúrias e reclamações na observância de seus atos, palavras, comportamentos e pensamentos, colocando em prática o que você estuda e fala.

2019 não está para disfarces com máscaras quebradas. Não queira ser quem você não é, sem pretextos de estar na ausência do controle de sua mente, escondendo-se por detrás de guias ou espiritualidade respeitável.

Não se toca na cabeça do outro sem pedir licença, não se invade o destino do outro sem lembrar do caráter orientador que pode caber ao destinatário e não o caráter manipulador. Seguir a vida espiritual e terapêutica no comando da vida alheia é escravizante, por isso quebre as amarras agora e pare de ser o dono da verdade.

A cura acontece de dentro para fora, lembra?

2019 propõe uma vida mais leve e atenta ao que realmente vale a pena, sem justificativas de ficar mais um pouco escondido na letargia do disfarce.

2019, ano da verdade, ano das mudanças necessárias, das danças das cadeiras oportunas para que o caminho esteja mais livre para o advento da equalização das energias carmáticas do planeta Terra.

Com amor e respeito ao ponto de vista que me assiste,

Thyago Avelino.

(Aracaju, 01 de janeiro de 2019)

Educador Espiritual do Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda (CFEAA).


163 visualizações

Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon