Razão Social: Centro de Formação Espiritual Águas de Aruanda
CNPJ: 021.469.181/0001­70

End: Av. João José de Santana, 1216 - Robalo - CEP: 49005-050 
Aracaju - SE

  • Facebook Social Icon
  • Admin

O que você está fazendo efetivamente nesta vida?



Certa feita, na Galileia, existia uma mulher que a multidão arrastava, como se fosse um cachorro, para ser apedrejada, porque supostamente fez algo contrário à lei de César. E então Mestre Jesus foi escrevendo os pecados de cada pessoa no chão. Antes de quaisquer questionamentos, boa parte da multidão já tinha saído. Aos que ainda permaneceram de forma rígida, o Mestre falou: “quem não tiver nenhum pecado aqui escrito, que atire a primeira pedra”. Então as pessoas saíram. Então foi dado a mão àquela mulher ferida, com a alma quase morta. Uma só palavra do Mestre, fez com que a vida daquela criatura se transformasse e a partir de então peregrinasse rumo ao coletivo.

Quem nunca cometeu entradas em pesadelos terrenos, que atire a primeira pedra. Que se levante nesse momento, aquela pessoa purificada de corpo e alma, para que eu possa reverenciar com a minha força. Aquele dotado da iluminação, dotado de uma ascensão energética plasmada aqui, que se levante agora e nos dê a boa nova da tua morada.

Caríssimos, tenham cuidado com julgamentos, porque o julgamento nasce da erva daninha das suas sombras. Aquele que julga, se coloca em um patamar privilegiado. E aquele que julga na ignorância é dez vezes mais culpado. Não precisa abraçar seu algoz. Basta respeitá-lo. Com o respeito, vocês estarão dando a prova do amor incondicional que somente aqueles filhos da luz, os que andam com as suas próprias lamparinas aqui no planeta Terra, conseguem efetivamente colocar em prática. Com somente o respeito. Muito se fala e pouco se aplica. Preguiça.

Despertar a mente requer vigilância constante a cada segundo. Caso contrário, todas as suas leituras, todas as suas bibliotecas, se resume a sua ignorância. Não tem coisa mais lamentável do que você possuir o saber e não ter forças para aplicar. É melhor a ignorância. Porque na ignorância, tropeças-te por não saber. Dotado de sabedoria, o porquê da não aplicabilidade? Olhe as amarras que você mesmo criou em você mesmo. O jugo ficará sempre a cargo do último pensamento. Se não começar a exercitar, jamais conseguirá.

Se você escuta o julgamento alheio e coloca mais comida diante do banquete, quem é mais cruel? O primeiro julgador, ou o segundo que incrementa o banquete? O segundo julgador, com certeza, que incrementou o banquete, que potencializou ainda mais, que fomentou ainda mais a alimentação daquele lobo faminto, pelo julgamento faminto. Diante das suas dívidas, achadas que são suas, pague-as. Busque a sua consciência e veja como pagar. Veja o que é seu e veja o que foi projetado a você. Empreenda diligências para a quitação, dentro das suas perspectivas de vida.

Você tem perspectiva de vida? Você gosta de estar nesta vida? Olhem para vocês, lembrem do que vocês fazem e são e se perguntem se você gosta desta vida. Se não gostam, o que você está fazendo para mudar? Nada? Nada não serve como resposta. O que você efetivamente está fazendo nesta vida? Buscando tormentos verdadeiros ou efetivamente querendo seguir a sua vida e com paz. Há quanto tempo não sabes o que é paz? Há quanto tempo busca a luz, mas que luz é essa? Há quanto tempo está em busca da paz, mas que paz é essa? A paz da auto aceitação, você aceitando você mesmo, do jeito que você é. Com toda a sua bagagem, com toda a sua mochila, com toda as suas sombras, com todos os seus pesadelos, com todos os traumas familiares, com todos os nãos dados pela sua mãe, com todas as palmadas dadas por seu pai, por todos os ferimentos da vida, por todas as mentiras, por tudo, colocado em sua mochila.

Prestar atenção em suas próprias palavras. A palavra é um instrumento contundente que rasga a alma em uma velocidade muito mais do que a luz. Como está o zelo com as palavras? Zelar pelas palavras. A pessoa que está ao teu lado, é a pessoa que você ama? A pessoa que você acolhe em casa é a pessoa que você ama? Com estas palavras e comportamentos? Suicida mergulhado nas próprias palavras. Cada palavra má dita é um punhal que coloca rumo ao seu próprio desencarne. Suicida por meio de palavras. Por que atira as pedras ao invés de olhar nos olhos do seu espelho e enxergar se você é capaz de tudo isso empreendido. Olhe nos seus olhos. Tenha coragem de olhar para os seus olhos e veja se a imagem que você passa para o outro é a mesma que você observa dentro de você. Observe se você é a mesma pessoa. Seja única e não seja máscara.

Para mim tanto faz o algoz como a vítima. Os dois estão no mesmo patamar. Para mim o que interessa é o protagonista da história. O senhor do próprio destino. Em alguns momentos da existência escolhe ser o vilão e em outros ser a mocinha. Em qual personagem você mais ficou durante a sua existência? Como vilão ou como a mocinha? Com quanto tempo você consegue se sustentar como protagonista da sua vida? Como senhor do seu destino? Falar em coletividade e exercitar a coletividade. Vinte quatro horas, um minuto, um segundo?

Andemos para a frente, de cabeça erguida, porém conscientes de cada possibilidade interior. Veja do que você é capaz. Olhe para dentro e potencialize a luz que habita dentro de você. Pare de enxergar os grandes vilões e as grandes mocinhas que você já vivenciou nesta vida. Ainda há tempo de ser feliz.

O que te dá prazer nesta vida? Nada, não é resposta. Algo que lhe dá prazer em executar. Execute. Faça diferença. Saia do cesto de multidões e seja a laranja diferente. Cada laranja tem a sua importância. Qual a sua importância diante de todo esse contexto, de tudo isso? Cada um é importante para o universo, porque você está aqui para fazer a diferença. Qual diferença você está fazendo? Pegando um carimbo e dando várias carimbadas em vários papéis de forma igual, automática e robotizada? Qualquer um pode fazer isso. Qual a sua diferença? A humanidade está cheia de batedores de carimbo, robotizados. A humanidade está cheia de pessoas que são códigos de barra, pessoas que são produção em série. Qualquer um faz a tarefa. Reflita se você está sendo um batedor de carimbo, somente fazendo as coisas somente por fazer porque tem que fazer.

Busque as rédeas da sua vida. Desapegue dos seus inimigos ditos amigos. O que de você é refletido em seu algoz? Alguma coisa sua está no seu algoz. Por isso você tem afinidade no masoquismo, no sofrer em demasia. O lado obscuro do outro te atrai, às vezes, porque era tudo que o seu lado escuro buscava ter coragem em fazer. Então, o seu está no outro. Existe uma confusão mental muito forte.

Acordar, sempre é necessário. As mensagens cada vez mais serão ditas codificadas, metafóricas, por parábolas. O Universo está pedindo para que novamente as mensagens voltem a ser codificadas, subliminar. Que as palavras sejam ditas cada vez mais sutis e, para alguns, decodificadas, porque as mentes estão buscando o óbvio, mas as verdadeiras consciências buscam os desafios. Codifiquemos todas as mensagens para que exercitemos o intelecto efetivo desses avatares. Assim seja.

Pai Damião, Águas de Aruanda,


191 visualizações